ENERGIA SOLAR NAS COMUNIDADES CARENTES

ENERGIA SOLAR NAS COMUNIDADES CARENTES

O constante aumento do preço e do consumo de energia elétrica ao longo dos anos transformou a energia solar em um desejo comum, especialmente entre os menos favorecidos que vivem em comunidades carentes, isso porque a conta de energia elétrica absorve uma grande proporção de suas rendas.

No caso do Rio de Janeiro, a população que vive nessa realidade em comunidades carentes representa quase um quarto dos 6,6 milhões de habitantes da cidade.

Diante desse problema, a comunidade Santa Marta localizada no Morro Dona Marta, ganhou destaque ao conseguir implementar soluções alternativas para geração de energia graças a um projeto de iniciativa privada da Shell em parceria com a Insolar, que já atuava na região com diversos projetos sociais, através da utilização de painéis fotovoltaicos, ou popularmente conhecido como painel de energia solar para geração de energia.

Essa iniciativa pioneira em comunidades carentes no Brasil, beneficiou só no Santa Marta, quatro creches, igrejas, a Associação de Moradores, uma escola de música e a escola de samba local. Além de pelo menos mais 15 instituições públicas.

Esse projeto, vem sido desenvolvido desde 2013 para conseguir suprir o consumo de energia elétrica e também a conscientização da comunidade em relação a fontes de energia renováveis para que possamos ter um planeta mais sustentável.

A intenção é expandir o projeto para mais 15 comunidades, mas ainda há muito o que se discutir, além da falta de investimentos, é necessário a aceitação das comunidades em colaborar de maneira ativa no projeto e em sua manutenção - como ocorre na comunidade Santa Marta.